Inspiração: Mona Lisa em 3D?!

É de conhecimento geral que Leonardo Da Vinci era um homem multifuncional: artista, cientista, inventor, engenheiro… Mas o que até hoje ninguém sabia é que ele pode ter sido o responsável pela primeira imagem 3D do mundo! Mais surpreendente ainda é que essa imagem seria a famosa Mona Lisa!

Correção, AS ‘Mona Lisa’! Isso mesmo, para quem não sabe há duas delas: uma no museu do Louvre (Paris) e outra no Museu Prado (Madri).

Segundo pesquisadores alemães, ambos os quadros foram pintados no mesmo momento e de duas perspectivas diferentes, porém bem próximas. A partir dessa análise, notou-se que a distância entre as duas perspectivas são aproximadamente a mesma entre os nossos olhos e que, quando combinadas, criam um efeito de 3D estereoscópico!

Confira abaixo a comparação entre as duas versões da Mona Lisa, e a sobreposição entre elas para gerar a primeira imagem em 3D da história!

davincis-mona-lisa-may-be-the-first-3-D-image-in-history-designboom-01davincis-mona-lisa-may-be-the-first-3-D-image-in-history-designboom-16Mona-Lisa

Outra teoria considerada é a de que o quadro exposto em Madri teria sido pintado por um dos estudantes de Da Vinci, motivo pelo qual as perspectivas seriam diferentes.

Para representar essa teoria Claus-Christian Carbon e Vera Hesslinger, da Universidade Bamberg, calcularam diversos dados, bem como as diferenças entre as obras, com a finalidade de estipular a posição em que cada artista estaria em relação à modelo retratada e, em seguida, recriaram o cenário utilizando Playmobil!

davincis-mona-lisa-may-be-the-first-3-D-image-in-history-designboom-14
ML = Mona Lisa / 1st= Pintor da versão do Louvre / 2nd= Pintor da versão do Prado

Independente de ter sido algo proposital ou não, é sempre impressionante ver o que é possível de ser feito mesmo sem acesso à tecnologia atual.

E aí, inspiradores, o que acharam dessa descoberta?

Fonte

Adora fotografia, embalagens diferentes, móveis e marketing. É uma das redatoras do blog, e busca inspiração nas coisas vivas e em situações do cotidiano.

71