3 principais motivos para usar o Behance

Há algum tempo atrás, navegando pelo facebook, me deparei com uma discussão em um grupo sobre Design Gráfico sobre a efetividade de se ter o portfolio no Behance. Lá um designer freelancer questionava o fato de nunca ter surgido nenhum pedido de orçamento pela plataforma, e isso me fez pensar se as pessoas realmente entendem o Behance.

 

Primeiro vale lembrar que o Behance é uma plataforma de criativos, uma espécie de rede social de portfolio onde você pode mostrar seu trabalho e encontrar trabalhos de criativos do mundo todo.

 

Para designer freelancers que prestam serviços para empreendedores, esses clientes nem sabem que existe essa plataforma, o que torna óbvio o fato de que de lá não surgirá um orçamento convencional. Porém, pedidos de orçamento podem sim surgir para ilustradores, por exemplo, onde criativos de agências conhecem o trabalho pela plataforma. A questão é entender quem realmente é seu público-alvo, se for outros criativos o behance é ótimo!

 

A plataforma tem sim suas qualidades, e por isso listei aqui os 3 principais motivos para usar o Behance.

 

 

1. Networking na área

 

Esse é o motivo principal de se estar nessa plataforma. Lá seu trabalho poderá ser encontrado por vários criativos e, se for muito bom, pode ser que gere propostas de emprego, pois lá estão os diretores de criação de agências e estúdios de design, e também pode gerar propostas de parceria, em algum projeto específico ou até mesmo uma sociedade.

 

 

2. Melhoria dos projetos

 

Por ter o botão de avaliação e comentários é uma plataforma muito interessante para se avaliar seu projeto. Imagina que você fez de um jeito, mas alguém nos comentários sugere uma melhoria que realmente faça sentido, isso é uma oportunidade de melhorar o seu trabalho. Além disso, você também vê os trabalhos dos outros, o que faz com que você descubra referências que não veria fora da plataforma. (ok, talvez no Pinterest)

 

 

3. Oportunidades internacionais

 

No Behance há criativos de todo o mundo, e da mesma forma que pode surgir oportunidades através de networking entre criativos brasileiros, também pode haver entre criativos estrangeiros, ou brasileiros que trabalham em outro país. Há muita interação entre criativos do mundo todo. Meu Behance por exemplo é seguido por alguns japoneses e chineses, como eles conheceriam meu trabalho se não fosse por lá?

Diretor de Arte, atualmente na Publicis de Lisboa. Veio trabalhar na terra do Pastel de Belém em meados de 2015. Antes disso vivia em São Paulo, onde passou por agências legais como AlmapBBDO e F/Nazca Saatchi&Saatchi. Foi selecionado como Young Lions para representar Portugal em Cannes Lions 2016.

930